Cabelos: Oleosidade, Dermatitie Seborreica e Caspa. Cuidados com a Fibra Capilar.

 

Cuidar da saúde dos cabelos é essencial para mantê-los brilhantes e fortes. Os cabelos são considerados um parâmetro de beleza e saúde. Desempenham um papel importante na aparência física das pessoas e na autoconfiança. Sendo assim, a saúde dos cabelos começa no couro cabeludo, portanto, a farmacêutica Ivanilde Itaborahy falou sobre algumas questões capilares e como cuidar: 

A OLEOSIDADE DO COURO CABELUDO 

A oleosidade capilar é um problema capilar que afeta muitas pessoas.

O alto teor de óleo acumulado nos fios e no couro cabeludo é causado pela ação intensa e direta das glândulas sebáceas que formam o sebo e recobrem os cabelos. A lavagem com água muito quente, os cosméticos oleosos demais e, até mesmo, o estresse do dia a dia são os principais causadores da oleosidade excessiva, pois esses fatores intensificam a atividade das glândulas sebáceas.

A produção exacerbada de sebo pode ser estimulada por alterações hormonais, alguns medicamentos, alimentação inadequada, estresse e agravada por banhos muito quentes, podendo levar a seborreia e dermatite seborreica.

DERMATITE SEBORREICA 

A caspa tem impacto negativo sobre a qualidade de vida das pessoas. A caspa é o nome popular da descamação características dos quadros de dermatite seborreica no couro cabeludo. A dermatite seborreica ocorre principalmente por produção excessiva de oleosidade decorrente de disfunções nas glândulas sebáceas, a proliferação do fungo e estresse. Além da descamação, a dermatite seborreica pode provocar vermelhidão e coceira no couro cabeludo.

Por ser uma dermatose crônica é importante manter um tratamento regular com a orientação de um especialista.

Algumas dicas para controlar a dermatite:

  • Lavar os cabelos no mínimo três vezes por semana.
  • Utilizar shampoos anti seborreicos e deixar o produto agir no couro cabeludo por 3 a 5 minutos e depois enxaguar.
  • Evitar banhos quentes

  • QUEDA CAPILAR

    Todo cabelo possui um ciclo de crescimento e queda. Porém, quando a sua estrutura está fragilizada, os fios tendem a cair mesmo fora da fase de queda.

    Com o tempo, o cabelo pode sofrer alterações, como afinamento e queda.  Em alguns casos a perda de cabelo está diretamente ligado à genética, mas muitos outros fatores como a dieta, falta de vitaminas, estresse, anemia, hormônios, excesso de processos químicos, e dermatite seborreica.

    É importante observar constantemente a movimentação dos fios, pois maioria das quedas não acontecem exatamente no momento em que o fator desencadeante está ocorrendo, as consequências aparecem após três meses do episódio em questão. A alopecia se caracteriza pela redução dos cabelos ou a diminuição no seu surgimento.

    É importante procurar um dermatologista ou especialista em tricologia.

    Algumas dicas para controle:

    Mantenha a higiene do couro cabeludo, de preferência com shampoos específicos

    Cuide bem da alimentação

    Evite calor muito próximo aos fios

    Evite processos químicos nos cabelos

    FIBRA CAPILAR DANIFICADA

    O cabelo é facilmente danificado por agentes externos e tratamentos térmicos, físicos e químicos como o sol, aquecimento, escovação, descoloração e coloração. Essas mudanças vão resultar em pontas duplas, uma textura frágil e uma aparência opaca e áspera.

    O efeito desses agentes acabam danificando a camada protetora que existe no fio, chamada de cutícula, parte externa do fio que garante a proteção e hidratação dos cabelos.

    Como tratar os cabelos danificados:

  • Lavar os cabelos com água fria ou morna
  • Reforce a hidratação para recuperar os fios, utilizando produtos de tratamentos como shampoos, condicionadores e máscaras capilares 
  • Adotar o cronograma capilar que consiste em um tratamento capilar com nutrição e reconstrução dos fios que consegue devolver a massa capilar e vitaminas perdidas para um cabelo. É uma agenda de tratamento para os cabelos.

  • Post anterior Post seguinte


    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados